sexta-feira, 12 de junho de 2015

Usina Albertina tem falência decretada



A usina Albertina, em Sertãozinho, teve falência decretada pela Justiça. Em processo de recuperação judicial desde novembro de 2008, a empresa não conseguiu cumprir seu plano de pagamento. A decisão, de sexta-feira passada, levou em conta o laudo do administrador judicial.

A companhia tem dívidas estimadas em R$ 200 milhões. Quando entrou com o processo de recuperação, eram R$ 266,2 milhões e 400 credores.

Na safra 2009/2010, quando retomou suas atividades depois de ter seu primeiro plano de recuperação aprovado por credores, a unidade processou cerca de 1,4 milhão de toneladas de cana, desse total, 75% foram destinados à produção de açúcar e 25% ao álcool.

Mas, a companhia encerrou sua operação em fevereiro de 2012. Na época, 8 mil hectares da usina na região de Sertãozinho foram arrendados para a LDC-SEV, hoje Biosev. Mas, a Cosan, um dos credores da Albertina, questionou o acordo na Justiça, o que dificultou a aprovação de um segundo plano de pagamento.

Ainda na decisão do último dia 5, a juíza Daniela Regina de Souza determinou que a Biosev depositasse o valor referente ao contrato de arrendamento das áreas.




Fonte: A CIdade-RP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COTAÇÕES

BOLSA DE VALORES

Cana-de-Açúcar

Açúcar

AGROMIND - REPRESENTANTE FERTILIZANTES HERINGER